Return to site

Dedim de Prosa pela Internet debatem com sucesso a Educação Ambiental na Bacia do Rio Paraíba do Sul

ENCONTROS VIRTUAIS TIVERAM AMPLA PARTICIPAÇÃO E BOA AVALIAÇÃO ENTRE OS REPRESENTANTES DE DIVERSOS SETORES DA COMUNIDADE REGIONAL

· Notícias

A realização de videoconferências pela Internet foi a opção que encontramos para se sobrepor às barreiras impostas pela pandemia da Covid-19 e dar continuidade na formulação do Plano de Educação Ambiental e Mobilização Social (PEAMS) da Bacia do Rio Paraíba do Sul.

Além da boa repercussão dos encontros, com participação diversificada, inclusive com a presença de representantes de Minas Gerais e do Rio de Janeiro, os encontros também foram muito bem avaliados pelos participantes, que consideraram a iniciativa importante como utilidade pública (87% ótimo e 13% bom) e aprovaram a dinâmica adotada para as reuniões (70% ótimo e 30% bom).

Na última semana, cerca de 150 representantes de organizações da sociedade civil, universidades, institutos de pesquisa, Poder Público e iniciativas individuais participaram de três Dedim de Prosa – encontros virtuais para debater o tema – que realizamos na terça-feira (16), quinta-feira (18) e sábado (20). O objetivo foi ouvir e dialogar sobre as expectativas em relação ao futuro da Educação Ambiental na região, estimulando a participação da sociedade no debate.

“Mesmo que virtualmente, foi possível a divisão em grupos temáticos, com o rodízio dos participantes, propiciando que todos pudessem opinar sobre todos os temas”, afirma a bióloga Larissa Nely de Faria, da equipe técnica do Plano. O debate abordou os quatro eixos que resumem o diagnóstico realizado na primeira fase do projeto: Políticas Estruturantes de Educação Ambiental (eixo 1); Educação Formal (eixo 2); Espaços Educativos (eixo 3) e Políticas do CBH-PS (eixo 4).

Esses eixos enfocam questões como a falta de estrutura dos pequenos municípios na formulação de políticas ambientais, falta de formação dos educadores no sistema formal, ausência de uma rede regional dos espaços educadores e dificuldades burocráticas para o fomento de projetos de Educação Ambiental, no âmbito do CBH-PS.

Todas as informações e dados recolhidos nessa fase dos debates serão agora avaliados e analisados pela equipe técnica e irão compor o prognóstico do Plano, estabelecer critérios na hierarquização de projetos e definir o Plano de Ação que irá orientar futuramente, a política de Educação Ambiental do CBH-PS. O Plano deverá ser finalizado e entregue em setembro próximo.

No entanto, segundo Amely Fauser, coordenadora técnica do projeto, o espaço para a participação da sociedade continua aberto através da plataforma digital www.rioparahyba.com.br. “Além de receber contribuições sobre as prioridades do Plano, também se pretende formar uma rede de dados permanente com as iniciativas de Educação Ambiental já inscritas ou as que ainda podem ser cadastradas na página”, afirma.

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OK